Foto: Google Imagens
Os Professores (as), pais, mães e estudantes do Colégio Estadual Teotônio Vilela, que fica localizado no bairro Mangabeira, em Feira de Santana, emitiram uma Carta Aberta para a comunidade falando sobre o retorno das aulas, instituído pelo Governo do Estado da Bahia, para o final deste mês. Leia a nota a seguir:


"A Comunidade Escolar do Colégio Estadual Teotônio Vilela (CETV) -Feira de Santana-Bahia 

Nós, Professoras, Professores, Pais, Mães e Alunos do CETV:

Consideramos que a pandemia do novo Coronavírus, causador da Covid-19 é uma infeliz realidade que ceifou, até este segunda-feira, 19 de julho, a vida de mais de 540 mil brasileiros/as, sendo mais de 25 mil baianos/as e, destes, 915 eram feirenses.

Temos ciência de que o Brasil tem sido apontado em estudos internacionais como o país que tem o pior desempenho no combate à pandemia, e mesmo sendo o sexto país em população do mundo, responde pelo segundo maior número de mortes por covid–19, ou seja, com menos de 3% da população mundial responde por aproximadamente 13% das mortes.

Além disso, os estudos científicos já identificaram que o ambiente escolar se constitui em espaço privilegiado para a proliferação do vírus, podendo, portanto, o retorno semipresencial das aulas se constituir em grave risco para o aumento da contaminação e circulação do Covid-19, colocando em risco, ainda mais, a vida da comunidade escolar e da população como um todo. 

Una-se a esses argumentos o fato de que ainda não houve imunização completa que abranja a classe de professores, funcionários e, principalmente, de alunos que compõem a comunidade escolar.

Ademais, faz-se necessário ressaltar que os prazos muito curtos estipulados para retorno e divulgados de forma repentina dificultam o planejamento e a organização de uma logística tão complexa, justamente, na metade da III unidade. A transição do modelo remoto para o modelo híbrido, neste momento (faltando poucos dias para a conclusão da III unidade), provocaria uma ruptura no desenvolvimento das aulas que estão sendo aplicadas de forma remota. É necessário um espaço de tempo maior para a elaboração de uma logística que contemple o modelo de ensino híbrido sem prejudicarmos o trabalho que já está sendo desenvolvido.

A decisão unilateral do governo do estado da Bahia quanto à retomada das aulas, de forma semipresencial, a partir do dia 26 de julho próximo, conforme Portaria nº 1.138/2021, de 19 de julho de 2021, da Secretaria de Estado da Educação da Bahia, que estabelece orientações gerais e dispõe sobre o Retorno Híbrido das atividades letivas, no âmbito da Rede de Ensino do Estado da Bahia não revela em sua logística a preocupação com nenhum desses fatos supramencionados que oferecem riscos à vida da comunidade escolar constituída por alunos, pais, professores, funcionários e gestores.

Levando-se em conta a gravidade da situação, Pais, Alunos e Professores(as) que compõem a comunidade do Colégio Estadual Teotônio Vilela vêm a público COMUNICAR a quem interessar possa que:

·reconhecem a necessidade e a importância de que as atividades letivas sejam retomadas com brevidade, no entanto, neste momento, com alto número de infectados pela covid-19, consideram, ainda, que essa retomada pode se converter em oportunidade para aumentar os casos de infectados, mediante a incompletude da imunização para professores, demais trabalhadores na educação, estudantes e alguns de seus familiares.

·sugerem a finalização das atividades relativas ao terceiro ciclo/terceira unidade de maneira 100% (cem por cento) remota como vem sendo feito desde 15 de março de 2021, quando teve início o ano letivo 2020/2021 no estado da Bahia, a fim de que não haja fragmentação do processo e venha a prejudicar os alunos.

·sugerem também a elaboração, juntamente com a comunidade, de um calendário específico para a nossa Unidade Escolar, a partir do quarto ciclo de maneira semipresencial, a fim de que possam vislumbrar a sensação de segurança nessa transição.

·Sugerem a TESTAGEM imediata dos alunos para maior controle da proliferação do vírus.

·Solicitamos também a revisão do número de alunos por sala, a fim de adequar à realidade da nossa unidade escolar, que possui salas de aula com ventilação deficitária.

Consideramos que o retorno às aulas aumenta o risco de contaminação de professores(as), estudantes e servidores/as públicos/as e de seus familiares, não se tendo qualquer garantia do cumprimento dos protocolos de saúde no transporte escolar, no distanciamento orientado para salas de aulas, na merenda escolar, bem como outros cuidados/procedimentos que visam proteger, individual e coletivamente, no espaço escolar e/ou nos espaços de convivência da comunidade escolar. 

Ressaltamos, ainda, a falta de funcionários suficientes para o cumprimento dos protocolos de segurança no ambiente escolar, considerando que se trata de uma escola de grande porte, além do quadro de professores incompleto. Destacamos, também, que as salas de aulas não são bem ventiladas e isso exige o uso de ventiladores. O CETV não dispõe de refeitório amplo e ventilado para os alunos fazerem as refeições de modo seguro e dentro dos protocolos exigidos. 

Diante deste cenário, neste momento:

 a) somos contrários ao retorno das atividades semipresenciais no prazo determinado, pois consideramos não haver condições sanitárias para que se preserve a vida de professores/trabalhadores em educação/estudantes e familiares;

b) defendemos a agilização do processo de vacinação completa de professores e funcionários e a elaboração de um calendário específico de vacinação que contemple o alunado, iniciando com os mais velhos até alcançar os mais novos;

c) sugerimos que a fase de ensino remoto possa ser estendida até que hajam condições sanitárias suficientes para o início da segunda fase anteriormente prevista pelo governo do estado, semipresencial e, na sequência, presencial.

Feira de Santana - Bahia, 22 de julho de 2021.

Ano letivo se recupera. Vidas não!

Subscrevem: Professoras, Professores, Pais, Mães e Alunos do Colégio Estadual Teotônio Vilela (CETV-BA)."

Clique sobre a imagem para ampliar


Facebook