Imagem: Reprodução 
Um jovem transgênero denuncia ter sofrido agressões físicas e verbais, quando voltava para casa, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Os crimes teriam sido praticados por um casal, na noite de segunda-feira (12).

O rapaz, que preferiu não ter a identidade divulgada, contou em entrevista à TV Sudoeste que os dois apresentavam sinais de embriaguez, e as agressões teriam partido, inicialmente, do homem. “Enquanto ele estava me batendo sozinho, eu estava conseguindo me defender. Mas acabei caindo, porque tenho uma deficiência na perna direita.

A esposa dele veio também e eles deram várias tijoladas na minha cabeça”, detalha. De acordo com a vítima, os suspeitos chegaram a invadir a casa onde mora, para continuar com as agressões. “Enquanto ela me batia, dizia ‘Estou me vingando. Já matei, é para matar’. Consegui entrar em casa, estava sangrando muito. 

Eles invadiram, entraram no quarto dos filhos da minha companheira para também tentar agredi-los, mas um amigo que estava lá não permitiu, junto com os vizinhos”. De acordo com a Polícia Civil, a ocorrência foi registrada na delegacia de Vitória da Conquista, onde a vítima forneceu os prenomes dos envolvidos, que não foram divulgados. O crime foi tipificado como lesão corporal e injúria. O caso segue investigado e até o momento, ninguém foi preso.



Fonte:  G1

Facebook