Analytics

menu

Image Map

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Nintendo encerra distribuição de games no Brasil e culpa altas taxas de importação

Foto: Divulgação
"Nós vemos isso como algo temporário. Não estamos desistindo do Brasil", afirmou Bill van Zyll, diretor geral da Nintendo para América Latina, ao G1 sobre o fim da distribuição de seus jogos físicos no país. 

Ainda não existe substitutos anunciados, e os consoles Wii U e 3DS e games como "Super Smash Bros.", "Mario Kart 8" e "The Legend of Zelda" não serão mais importados pela Gaming do Brasil, responsável pelas distribuição oficial da Nintendo no país.

"O Brasil é um mercado único por causa do seu tamanho e potencial. E isso cria desafios únicos. O que eu posso dizer é que olhamos continuamente para o modelo de importação. E nos vimos forçados a repensar esse modelo. Determinamos que ele simplesmente não é sustentável. Por causa desses custos, não somos capazes de levar nossos produtos aos consumidores brasileiros a um preço e a um custo que faça sentido", disse.

A parceria entre Gaming e Nintendo já durava quatro anos. Logo antes, a distribuição era feita pela Latamel, empresa que era responsável pela distribuição no resto da América Latina. Em nota nota, a Nintendo irá "monitorar a evolução do ambiente de negócios e avaliar a melhor maneira" de voltar ao mercado. 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...