Analytics

menu

Image Map

domingo, 15 de novembro de 2015

Grupo Boticário contraria crise e contrata mais que previsto

Foto: Reprodução
Em processo de franca expansão, a fábrica baiana do Grupo Boticário, localizada no Polo Industrial de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, é uma prova de que o setor de perfumaria e cosméticos é um dos que mais vêm resistindo à crise.

Ao contrário da maioria das indústrias, a unidade contratou mais mão de obra do que o previsto: quando foi inaugurada, em setembro de 2014, eram 320 empregos, com planos de chegar a, no máximo, 400. Hoje, mesmo com todo nível de tecnologia e automação industrial da planta, já são mais de 500 funcionários, sendo que a maioria dos cerca de 100 a mais contratados foi convocada este ano, quando boa parte das empresas do país teve que enxugar seus quadros.  

No estado da Bahia, considerando também os funcionários do centro de distribuição (CD) situado no município de São Gonçalo dos Campos, no Recôncavo, o grupo já emprega mais de 600 trabalhadores. Segundo a diretoria do Boticário, as contratações são fruto da antecipação dos projetos de expansão da planta. 

"Em pouco mais de um ano de operação, estamos em processo de ampliação gradativa da produção", afirma Leandro Balena, gerente de produção do Grupo Boticário na Bahia. Segundo ele, não há previsão de novas contratações, pelo menos, até o final deste ano. "Já antecipamos nossa projeção que seria alcançada somente em dezembro", justifica. 

Os resultados operacionais1 do grupo paranaense em 2015 só serão divulgados, nacionalmente, no próximo mês. No mês de agosto, a fábrica baiana já comemorava a marca de 40 milhões de itens produzidos. Na unidade, são produzidas 12 linhas de perfumaria e nove de cuidados pessoais. Toda a produção da unidade, que tem capacidade de produzir até 150 milhões de itens por ano, é destinada ao centro de distribuição. 

Do CD baiano, saem os produtos comercializados em 15 estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O grupo responde hoje por quatro unidades de negócios: O Boticário, Eudora, Quem disse Berenice? e The Beauty Box, sendo que a última não é fabricada na Bahia, assim como toda a linha de maquiagem, cuja produção ainda é centrada na fábrica paranaense, no município de São José dos Pinhais (PR). Juntas, as duas fábricas produzem 9 mil tipos de produtos, comercializados em mais de 3.900 lojas no Brasil, mantendo unidades também em oito países.

Qualidade: Ao mesmo tempo em que contratou mais funcionários, a empresa também vem investindo em programas de saúde e qualidade de vida, destinados aos colaboradores baianos. Há pouco mais de dois meses, foi inaugurado, na área fabril de Camaçari, o Centro de Promoção à Saúde, que visa oferecer serviços médicos, odontológicos e nutricionais especializados, além de uma sala nutriz, especialmente preparada para coleta e congelamento de leite materno para as funcionárias que voltam ao serviço após a licença maternidade. Equipamento semelhante também foi instalado no CD de São Gonçalo dos Campos. 

"Na planta de Camaçari, as ações nessa área de promoção da saúde e qualidade de vida se refletem no baixíssimo índice de absenteísmo médio, menor do que 0,8%, o que nós consideramos como um resultado excelente", diz a gerente de Operações de Recursos Humanos do grupo, Margareth Barretto. Segundo ela, o índice de satisfação apurado em pesquisas feitas entre os colaboradores chega a 90%. 

Fonte: A Tarde
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...