Analytics

menu

Image Map

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Incêndio destrói Museu da Língua Portuguesa em São Paulo

Foto: G1
Os paulistanos perdem um pouco da história de São Paulo com o incêndio no Museu da Língua Portuguesa, na região Central da capital paulista. Uma pessoa morreu no incêndio.

Quem passa por ali já lamenta a destruição do prédio histórico do museu. Edson José passava pelo local com a vizinha Eliane Rocha e acompanhou o início das chamas.

"É muito triste, não só pelo perigo que isso representa, mas pela destruição de um pedaço da história e da cultura de São Paulo", lamentou Edson José, que frequenta o museu. 

Naelson dos Santos é dono de uma loja de celulares vizinha à Estação da Luz. Ele estava na estrada, a caminho do serviço, quando soube das chamas.

"Eu vim correndo pra ver o fogo. Quando cheguei, as chamas estavam se alastrando muito rápido. O prédio da minha loja é velho, estrutura toda de madeira. Se o fogo chegar aqui, ele consome tudo em um piscar de olhos", conta Naelson. 

"A gente achou que a fumaça vinha de algum prédio velho da região. Saímos de casa na hora e vimos o fogo", disse Eliane. 

Hilma Pereira da Silva, de 55 anos, doméstica, é moradora de Itaquera e passa todos os dias pela estação da Luz porque utiliza o trem para ir para casa. Ela surpreendeu-se com o tamanho das chamas. 

"Eu nunca vi uma coisa dessas na vida. É horrível. As pessoas disseram que foram os próprios passageiros que notaram o início do fogo", disse. Ela decidiu seguir a pé até sua casa. 

Diogo Inácio, 24 anos, é porteiro, mora em Guaianazes e trabalha na Luz. 

“Só Deus sabe como vou pra casa. Vou tentar metrô até Itaquera e depois pego um ônibus. Um trajeto que faço em 40 min. Vou levar 3 horas. O medo é toda a estrutura cair. Porque é ferro e madeira”. 

Fonte: G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...