Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

PM envolvido em acidente com morte não foi submetido a exame de alcoolemia

Imagem: Facebook 
O soldado da Rondesp Central Márcio Santos Conceição, 40 anos, envolvido no acidente de trânsito que matou a instrumentadora cirúrgica Thais Nunes Torres, 31, no domingo, em Lauro de Freitas, não foi submetido ao exame de alcoolemia. A informação é da assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte e Ordem Pública (Settop).


Nesta manhã, o marido de Thais, André Reis de Oliveira, 31, foi ouvido informalmente na 23ª Delegacia (Lauro de Freitas). Segundo a Settop, quando os agentes de trânsito chegaram, Márcio deixava o local em uma guarnição da Polícia Militar. Em seguida, os agentes foram até o Hospital Aeroporto, para onde Márcio foi levado. No entanto, o soldado já estava sob a responsabilidade de outros policiais militares. Então, os agentes seguiram para a 23ª DP, onde registraram a ocorrência. 

Ainda de acordo com a Settop, a intensão dos agentes era conduzir Márcio para à 23ªDP, onde a Polícia Civil ficaria responsável pela realização do exame de alcoolemia, através do Departamento de Polícia Técnica, já que o teste do bafômetro ainda não é realizado na cidade. Um convênio entre a prefeitura de Lauro de Freitas e o Detran falta ser fechado para ampliar as ações de ordenamento do trânsito na região.

Ofício

O delegado Joelson Reis, titular da 23ª DP, disse que encaminhou um ofício para o Comando-geral da Polícia Militar pedido a identificação funcional de Márcio e da mulher, Marlucia Lubarino Lima, que também é policial militar. “Precisamos das informações oficias para então marcar o dia para ouvi-los”, disse o delegado.

Fonte: Correio 24h
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...