Analytics

menu

Image Map

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Mãe prometeu sexo para que homem matasse filho dela de sete anos; ela é procurada

 Alexandra Moura da Silva | Foto: Reprodução
Alexandra Moura da Silva, 26 anos, mãe de Carlos Henrique Moura Maia Santos, 7 anos, morto em janeiro de 2015, está sendo procurada pela polícia, após ser identificada como mandante do assassinato do próprio filho. Ela está desaparecida desde o dia 16 de agosto, quando foi decretada a prisão temporária.

Carlos Henrique foi encontrado morto no córrego de Camaçari, dois dias depois de ter desaparecido. Na ocasião a família chegou a fazer cartazes procurando o garoto. Segundo a polícia, a criança foi morta afogada por José Nilton Pereira da Silva, 35, que já está preso.

De acordo com o Correio, a delegada titular da Delegacia Homicídios de Camaçari (DH/RMS), Maria Tereza, disse que Nilton tinha um relacionamento com a avó materna da criança e já era suspeito do crime quando foi preso por tráfico de drogas, em 8 de agosto. No depoimento, confessou ter afogado o menino após a promessa de Alexandra passar a noite com ele.

Nilton também afirmou que Alexandra tinha medo de que Carlos Henrique contasse para avó paterna, que cuidava dele, que a mãe tinha planos em participar de um assalto a um banco e que ela vendia drogas. Ainda de acordo com a polícia, existe a suspeita de que a mãe estaria usando o menino para levar e trazer drogas.

Entenda o caso:

Carlos Henrique Moura Maia | Foto: Reprodução
Um garoto de 7 anos que estava desaparecido desde a quarta-feira (7) foi encontrado morto nesta sexta-feira (9) em um córrego perto da linha de trem no bairro da Bomba, segundo a Central de Polícia. O corpo de Carlos Henrique Moura Maia Santos já estava em estado de gigantismo quando foi localizado.

O garoto foi visto pela última vez na porta de casa, no bairro de Nova Vitória, no final da manhã de quarta, brincando. A polícia diz que se trata de homicídio porque o córrego não era muito profundo para que o menino se afogasse - embora a causa da morte ainda não esteja clara.

De acordo com o Correio, a família chegou a espalhar cartazes com a foto o garoto e fazia buscas na região para tentar localizá-lo.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...