Analytics

menu

Image Map

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Retratação da prefeitura de Santo Amaro causa nova confusão

Foto: Divulgação
Mais uma vez, a publicação em forma de convite, para a festa da Purificação, feita pela prefeitura de Santo Amaro, causou confusão, na tarde dessa quarta-feira(13).

Dessa vez, leitores voltaram a acusar o órgão de racismo e preconceito, isso por que, na nova propaganda, é usada a imagem de uma pessoa com o rosto pintado de preto, segundo os comentários, a foto faria referência ao termo Blackface (O termo surgiu por volta de 1830, quando homens brancos se pintavam de preto - de forma caricata - e se apresentavam para a aristocracia branca com o objetivo de satirizar a população negra. O blackface é considerado tanto uma forma de estereótipo racista quanto como forma de exclusão). “Pelo amor...Retirem a foto da pessoa pintada de preto. Não piorem o que já está ruim,” comentou Alexandra Tulani. O leitor, André Luiz também avaliou a propaganda como um ato de racismo. “BLACK FACE NÃO! Eles tentam melhorar mas só pioram, primeiro a fotos dos alemães, e agora BlackFace. Prefeitura tira esses publicitários do sul do Brasil, e coloca gente da Bahia para trabalhar com vocês pelo amor!”.

Acompanhada da imagem, um texto de retratação e esclarecimento dos fatos. “Valorizar a diversidade étnico-racial sempre foi o objetivo maior da festa da purificação, uma festa onde todos se encontram e se encantam. Fomentá-la é saber lidar com as diferenças que nos cercam todos os dias. O Governo Municipal luta por uma sociedade justa, igualitária, humana e, acima de tudo, feliz, onde o branco possa dialogar com o negro, o índio com mulato, o mameluco com os orientais. É essa força mística que move o nosso Brasil, nossa gente e forma nossa identidade. Na terra de Caetano e Bethânia não há espaço para discriminação, preconceito e qualquer injuria racial,” diz a publicação.

Mesmo com a retratação, os usuários da rede social não perdoaram a prefeitura e reclamara de no comunicado não haver um pedido formal de desculpas. ”Um pedido de desculpas seria muito mais digno e respeitoso, mas a soberba não permite. Realmente o "anúncio" parece ser de uma festa Européia, não brasileira, principalmente do estado da Bahia. Triste ver esse tipo de publicidade feita pelo próprio Estado e mais triste ainda não responderem como deveriam, com um belo pedido de desculpa e o um anúncio que retrate a realidade étnica e a cultura local,” disse, Hanna Alves.

A Prefeitura de Santo Amaro ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

Fonte: Bocão News
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook