Analytics

menu

Image Map

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Muritiba: Estudantes da rede estadual de ensino ficam sem merenda de 15 em 15 dias, denuncia vereador

Foto: Arquivo pessoal | Facebook
O presidente da Câmara Municipal de Muritiba, Valmir Simões, que também é presidente do Conselho Municipal da Merenda Escolar, denunciou durante pronunciamento na Câmara, na sessão de reabertura dos trabalhos legislativos nesta terça (17/07), que os estudantes da rede estadual de ensino do município ficam de 15 em 15 dias sem a merenda escolar. "As escolas públicas da rede estadual ficam 15 dias com merenda e 15 dias sem a merenda. Isso é uma vergonha o que o governo está fazendo com as nossas crianças e jovens. É assim que valorizam a educação do nosso estado?!" questiona.

Valmir Simões ainda lembrou do prédio do CECA (Centro Educacional Castro Alves), doado ao Governo do Estado na época do ex governador Jaques Wagner, onde foi prometido criar uma escola técnica. "Foi doado ao Estado o prédio do antigo CECA para fazer uma escola técnica e só fizeram quatro pilares na obra e abandonaram, até hoje nada." disse.

Outras denúncias feitas pelo vereador foi sobre as quadras poliesportivas do Colégio Estadual João Batista e do Colégio Polivalente, na época em que pertencia ao Estado, onde o governo começou as obras e ainda não finalizou. "Tenho outro exemplo de descaso do Governo do Estado com a nossa cidade: a quadra do João Batista começou e não terminou. Isso é uma total falta de respeito com o nosso dinheiro, com o dinheiro público. Tem também o exemplo da Escola Polivalente, que na época era do Estado, começaram uma quadra e deixaram lá, sem terminar. Deixando nossas crianças e jovens sem a prática de esportes. Aí eu pergunto: É isso que a gente quer pra Muritiba, com esse tratamento com o nosso povo? Eu mesmo respondo: claro que não!" finaliza.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Facebook