Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Amigo de idoso que sumiu em incêndio em Salvador lamenta ocorrido: 'Se eu tivesse aqui, ele não estaria na hora do fogo'



Foto: Itana Alencar/G1 Bahia
Um amigo de José Hunaldo Moura de Carvalho, de 85 anos, idoso que está desaparecido após um incêndio que atingiu casarões na Baixa dos Sapateiros, em Salvador, contou ao G1 nesta terça-feira (4) que se sente culpado pela vítima estar no imóvel no momento em que pegou fogo na noite de segunda-feira (2).

O idoso morava e vendia móveis antigos em um dos casarões."Eu deveria ter vindo aqui ontem. Cheguei a conversar com ele, mas eu não pude vir porque tive uma emergência. Se eu tivesse aqui, ele não estaria aí dentro na hora do fogo", disse Juraci Cordeiro, que é advogado. A loja que funcionava no casarão era da família do idoso, pertenceu ao pai dele e, depois, a ele. José Hunaldo tem cinco filhos, dois homens, duas mulheres e uma adolescente de 15 anos.

O amigo conta que ia visitar José Hunaldo na noite de segunda-feira, mas não conseguiu. Segundo Juraci, ele e a vítima costumavam sair durante essa visita, e só retornavam na madrugada. "Sempre que eu chegava aqui, a gente saía para conversar e ficava horas na rua. Por isso eu sinto essa coisa, porque se eu tivesse vindo aqui, ele não estaria preso no casarão. Eu tinha que ter vindo. Fico com isso na cabeça, tive outra emergência. É difícil conviver com isso", ponderou Juraci emocionado. Por volta das 9h30, ainda havia muita fumaça no local. As chamas foram controladas ainda na madrugada.

Fonte: G1 Bahia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook