Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Após elogio de ex-líder do KKK, Bolsonaro diz não compactuar com supremacistas

Foto: Reprodução / Twitter
O presidenciável pelo PSL, Jair Bolsonaro, utilizou seu perfil no Twitter para afirmar que rejeita apoio e não compactua com grupos supremacistas.

Na oportunidade ele também sugeriu que as pessoas que se encaixassem nesse grupo deveriam apoiar o candidato da esquerda, Fernando Haddad (PT), que, segundo o postulante ao Planalto, "adora segregar a sociedade". A declaração do deputado federal foi postada após o historiador americano David Duke, conhecido por fazer parte do grupo racista Ku Klux Klan (KKK), ter afirmado que o Bolsonaro "soa como nós".

"Recuso qualquer tipo de apoio vindo de grupos supremacistas. Sugiro que, por coerência, apoiem o candidato da esquerda, que adora segregar a sociedade. Explorar isso para influenciar uma eleição no Brasil é uma grande burrice! É desconhecer o povo brasileiro, que é miscigenado", publicou Jair Bolsonaro.

Fonte: Bahia Notícias
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook