Analytics

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Resultado de eleição da OAB-BA confirma indicação de pesquisa BN/Dataqualy

Foto: Jefferson Peixoto
O resultado da eleição para a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Bahia (OAB-BA) confirmou a tendência indicada pela pesquisa contratada pelo Bahia Notícias junto ao Instituto Dataqualy. Os dois levantamentos publicados pelo site apontavam a vitória de Fabrício Castro, como foi oficializado na votação desta quarta-feira (21).

O candidato somou 67% dos votos válidos na disputa. A segunda pesquisa, publicada em 13 de novembro, demonstrava inclusive uma tendência de crescimento, e sugeria índices expressivos de Castro no interior, o que também se confirmou (veja mais aqui). As duas pesquisas ouviram, cada uma, 500 advogados na capital e no interior do estado. A margem de erro foi de 4,4 pontos para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95%.

"O Bahia Notícias tem credibilidade porque sempre prezamos pela verdade. Nunca erramos nas pesquisas para as eleições estaduais e municipais por procurar institutos com credibilidade. Nessa eleição da OAB-BA, fomos alvo de muitas críticas do candidato da oposição nas redes sociais, mas a verdade prevaleceu", defendeu o sócio do portal, Ricardo Luzbel.

Em entrevista ao BN após a consolidação do resultado, o presidente do Instituto Dataqualy, Carlos Lobão, explicou o que é necessário para garantir a credibilidade das pesquisas de intenção de voto. "A pesquisa tem que ser feita com muito critério, com amostras segmentadas por cotas, ou seja, que seja representativa do universo. E também na aplicação dos questionários tem que ser feita por uma equipe profissional, que realmente vá a campo ouvir a opinião do universo estudado.

Então é isso que garante o resultado com segurança, com resultado confiável", avaliou. Lobão falou ainda sobre as críticas feitas ao levantamento por apoiadores da chapa adversária durante a campanha. "Eu acho que as críticas que foram feitas à nossa pesquisa, no final, os números estão aí para mostrar quem tinha razão, se a nossa pesquisa, ou os críticos. O resultado mostra que nós estávamos certos", concluiu.

Fonte: Bahia Notícias
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook