Analytics

menu

Image Map

sábado, 15 de dezembro de 2018

Parlamentares da base de Rui Costa demonstram apoio a candidatura de Fábio Ramalho (MDB)

Foto: Reprodução
Parlamentares da base do governador reeleito Rui Costa (PT) demonstraram, ontem, apoio à candidatura de Fábio Ramalho (MDB) à presidência da Câmara dos Deputados. Ao lado do ex-governador da Bahia e senador eleito Jaques Wagner (PT), os deputados federais (atuais e eleitos) participaram de um almoço oferecido pelo emedebista à bancada no restaurante Bargaço, em Jardim Armação, em Salvador. Em entrevista à imprensa, Ramalho, que é 1º vice-presidente da Casa, defendeu a renovação.

“O Rodrigo [Maia, do DEM, que é postulante à reeleição] fez um bom trabalho na Câmara, mas a Câmara precisa ser renovada [...]. A Câmara precisa ter atitudes fortes para que a gente faça uma instituição mais forte, poderosa e independente”, ao ressaltar que, caso eleito, terá uma relação “independente, mas harmoniosa” com o futuro governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O emedebista também afirmou que vai acabar com os grupos dentro do Legislativo, se eleito.

“Não existe centrão. Na minha gestão, existem parlamentares. E todos os parlamentares têm que ser atendidos. Não vai existir essa questão de só 20 parlamentares serem relatores. Todos os parlamentares vão ter direito a ter uma relatoria. Será distribuído de igual para igual”, afirmou. O deputado federal reeleito Ronaldo Carletto (PP), que foi o primeiro a chegar, fez questão de declarar apoio a Ramalho. “Estou aqui pela amizade que tenho com Fabinho. Merece ser presidente. Uma pessoa que tenho um relacionamento muito bom e grande com a Casa. É um dos grandes candidatos. Eu poderia votar em Fabinho, com certeza. Não terei nenhum ressentimento, mesmo sabendo que [Rodrigo] Maia é um grande candidato, mas eu tenho amizade pessoal com Fabinho”, ressaltou. Se o progressista foi enfático no apoio, Wagner foi cauteloso.

“Conheço muito o Fábio desde que era governador e ministro. Acho que é uma pessoa que tem uma trajetória no Parlamento. Me convidou e vim para dar um abraço. Não significa nenhuma declaração [de apoio], até porque tem muita água para rolar. Na verdade, eu voto no Senado. Então, eu sou meio intruso aqui”, afirmou. No encontro, Wagner aproveitou, ainda, para defender Rui Costa, que tem sido acusado pela oposição de cometer um “estelionato eleitoral” com o pacote aprovado pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), que corta cargos, extingue estatais e aumenta o valor da contribuição do servidor da Previdência estadual de 12% para 14%. "A oposição está um pouco nervosa, talvez com o tamanho da derrota", alfinetou Wagner. "Ninguém faz ajuste sem ter reclamação.

Todo ajuste implica em reclamação, que é próprio do ser humano, e todos nós queremos estar na zona de conforto. Se eu puder ganhar mais, eu não quero ganhar menos. Se eu puder ter mais estrutura, eu não quero ter menos, então é evidente que ninguém gosta quando você tem que fazer um processo de ajuste", acrescentou. Mesmo não sendo reeleito, o deputado Paulo Magalhães (PSD) marcou presença e defendeu apoio a Ramalho. “É um deputado que encarna a vontade dos deputados em Brasília, daí porque nós escolhemos ele para nos representar comandando os destinos da Câmara dos Deputados", disse, ao ressaltar que a candidatura do emedebista tem caráter "suprapartidário".

Também estiveram presentes: Marcelo Nilo (PSB), Valmir Assunção, Josias Gomes, Nelson Pelegrino, todos do PT, Mário Negromonte Júnior (PP) e outros. ACM Neto Nesta segunda-feira (17), o prefeito ACM Neto (DEM) recebe o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), que cumpre agenda na capital baiana. A chegada do parlamentar está prevista para acontecer às 9h, no Aeroporto Internacional Deputado Luis Eduardo Magalhães. De lá, Maia segue direto para o Centro Cultural da Câmara Municipal onde, às 10h, participa da inauguração da Rádio Câmara.

Em seguida, às 11h, Rodrigo Maia recebe o título de Cidadão da Cidade do Salvador, também na Câmara. Para a ocasião estão previstos discursos do prefeito e do parlamentar carioca, além de uma declaração do atual presidente do Legislativo municipal, vereador Léo Prates. Ao meio-dia, Rodrigo Maia e ACM Neto seguem para o Fera Palace Hotel, na Rua Chile, onde participa de um debate que segue até às 14h30. O retorno do parlamentar à Brasília está previsto para o final da tarde.

Fonte: Tribuna da Bahia 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook