Analytics

domingo, 3 de março de 2019

Duas tentativas de feminicídio são registradas no Carnaval; reunião discute ações de proteção

Foto: Divulgação
A Defensoria Pública da Bahia (DP-BA) se reúne neste domingo (3), às 16h, com a Rede de Mulheres para discutir medidas para combater a violência contra a mulher durante o Carnaval de Salvador.

De acordo com a Defensoria, desde o início da folia até este sábado (2), foram levados à audiência de custódia quatro casos de violência doméstica contra mulher, sendo duas por tentativa de feminícidio. Em uma tentativa, a mulher foi vítima de 50 facadas. A Defensoria lembra que tem sido feitas muitas campanhas para conscientizar a população e combater a violência contra a mulher, mas mesmo assim são muitas as ocorrências de importunação sexual no Carnaval de Salvador.

De acordo com a coordenadora do Plantão do Carnaval da Defensoria Pública, Firmiane Venâncio, a atuação em rede é estratégica para prevenção e repressão dos casos de violência contra a mulher. Além da Defensoria, fazem parte da rede as seguintes instituições: Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Ministério Público (MP-BA), Ronda Maria da Penha, Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA), Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) e Hospital da Mulher.

As pessoas que necessitem do apoio da Defensoria Pública para urgências e emergências neste Carnaval podem ir à sede do Plantão, na Rua Pedro Lessa, 123, Canela. Informações pelos telefones 3116-0511 ou 99913-9198.

Fonte: Bahia Notícias
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook