Analytics

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Salvador tem a segunda cesta básica mais barata entre as capitais do Brasil, aponta Dieese

Foto: Divulgação
Dados divulgados nesta terça-feira (6) pelo Dieese apontam que Salvador tem a segunda cesta básica mais barata entre 17 capitais do Brasil. A cesta básica em Salvador teve uma queda de 3,29% em julho, segundo a entidade. Com isso, o valor médio da cesta na capital fica R$ 372,11.

Dos 12 produtos pesquisados, nove tiveram os preços reduzidos. O alimento que registrou a maior redução em julho foi o feijão carioquinha (-12,73), seguido pelo tomate (-8,95%). Outros produtos que tiveram redução no preço foram a banana (-7,29%), o óleo de soja (-2,86%), a manteiga (-1,72%), a carne (-1,63%), o café (-1,48%), o leite (-0,51%) e a farinha de mandioca (-0,47%).

Os produtos que apresentaram aumento no preço foram o pão (3,51%), o arroz (2,99%) e o açúcar (2,86%). Conforme a Deese, o trabalhador soteropolitano remunerado pelo salário mínimo precisou trabalhar 82 horas e 2 minutos de sua jornada mensal para adquirir os gêneros essenciais em julho. No mês passado, a jornada foi de 84 horas e 49 minutos.

O órgão informou que quando se compara o custo da cesta básica de Salvador e o salário mínimo líquido, ou seja, após o desconto referente à Previdência Social, o comprometimento em julho foi de 40,53%. Menor que os 41,91% de junho. A capital com a maior redução foi Aracaju, que teve redução de 6,04% e passou a custar R$ 359,85. A cesta básica mais cara é Porto Alegre, que custou R$ 593,22.

Fonte: G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook