Analytics

menu

Image Map

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Ciro diz que Moro recebeu vantagem de Bolsonaro por tirar Lula da eleição

Foto: Reprodução 
O ex-presidenciável nas eleições de 2018 Ciro Gomes (PDT) afirmou que o ex-juiz federal e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, recebeu uma vantagem do presidente Jair Bolsonaro (PSL) por ter retirado o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da eleição do ano passado.

Em entrevista nesta quarta-feira (4), a Mário Kertész nos estúdios da Rádio Metrópole, durante o Jornal da Metrópole no Ar, o ex-governador do Ceará declarou que a ida do ex-magistrado ao governo o tornou político e chocou o país.

“Ninguém compreende que o juiz condenou o cidadão, tirou da eleição, e depois vira ministro. Isso não existe. Não estou falando se é justo ou não. O Brasil está chocado. O crime de corrupção passiva fala em receber vantagem ou promessa de vantagem. Vamos pensar junto: se Moro tivesse promessa de receber um saco de dinheiro para fazer o que fez, a gente chamaria de corrupção. É público e notório que ele recebeu promessa de cargo vitalício no STF. Isso é vantagem. Isso é uma oferta. É corrupção. Um politiqueiro corrupto. É tudo que ele não queria dizer o que é”, acusou Ciro.

Ele revelou ter conversado com integrantes do site The Intercept Brasil, responsáveis pelo episódio conhecido como a Vaza Jato, que revelou mensagens trocadas entre Moro e integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato. “Eu conversei com o pessoal do Intercept, eles têm 2 mil áudios, 60 mil páginas de conversa porca. Eles não mencionam conversa porca de família, chifres, eles sabem que é tudo verdade. Isso é serviço de inteligência de uma potência estrangeira. Bolsonaro colocou o Brasil no antagonismo dos EUA. É um jogo de gente grande”, disse o ex-governador cearense. Informações do Metro 1.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook