Analytics

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Estudante tenta invadir quarto de colega denunciado por racismo na UFRB: ‘Vai ver com quantos paus se mata um racista’

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Um aluno da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi flagrado, em vídeo, tentando arrombar a porta do quarto do colega Danilo Araújo de Góis, denunciado por racismo após se recusar a receber prova das mãos de uma professora negra, no campi da cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano (saiba mais aqui).

O caso ocorreu na terça-feira (10). O estudante, que não teve o nome revelado, tentou invadir o quarto de Danilo na residência universitária localizada na cidade de São Félix, vizinha a Cachoeira. No vídeo, é possível ver o estudante dizendo que está consciente do que está fazendo e falando que não vai aceitar a atitude racista do colega.

Inicialmente, o estudante consegue dar um chute na porta do quarto de Danilo e abre o cômodo. Em seguida, se afasta para outra área da casa, pega um pedaço de madeira e volta para a porta do quarto, que foi fechada por Danilo.

“Vão se f**** com o racismo de vocês. Legitimando isso. Venha, venha que você vai ver com quantos paus se mata um racista. Vocês vão ver. Podem chamar a polícia”, disse o estudante.

Enquanto batia na porta com um pedaço de madeira, o rapaz dizia: “Você não é contra viado? Você não é macho, que só se faz de macho pra ofender mulher preta?”, disse.

A universidade informou que vai se posicionar sobre o caso, mas não informou quando. A instituição adiantou que membros da instituição já tiveram uma reunião com o estudante que tentou invadir o quarto de Danilo. Disse ainda que Danilo deixou a residência universitária. Não há detalhes se o rapaz foi suspenso e se manterá na universidade. As aulas seguem normalmente em toda instituição de ensino.

A Polícia Civil de Cachoeira informou que a tentativa de invasão ao quarto de Danilo foi registrada na unidade policial. Entretanto, a polícia informou que não vai falar sobre o caso, devido às investigações.

Fonte: G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook