Analytics

terça-feira, 2 de junho de 2020

ACM Neto assina expulsão de Sara Winter do Democratas

Foto: Reprodução / Redes Sociais
Presidente do Partido Democratas (DEM), o prefeito de Salvador, ACM Neto, informou que assinou a expulsão sumária de Sara Winter da sigla. O anúncio foi feito pelo prefeito na manhã desta terça-feira (2).

A reportagem entrou em contato com a assessoria de Sara Winter, que ficou de encaminhar posicionamento sobre o caso. A expulsão do partido pelo presidente do DEM foi tomada depois que Sara Winter, ativista política da direita brasileira e apoiadora do presidente Jair Bolsonaro, liderou uma manifestação com referências a grupos neonazistas e de supremacistas brancos americanos, no sábado (30), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

De acordo com a ACM Neto, a decisão foi tomada porque ela "desrespeitou a democracia e flertou com tendências inaceitáveis". "Assinei a expulsão sumária de Sara Winter. Ela desrespeitou a democracia com movimentos que flertam com tendências autoritárias que são inaceitáveis para nosso país. As atitudes dela confrontam com o espírito dos democratas, com a atuação firme de defesa da democracia", disse.

ACM Neto também afirmou que a democracia é inegociável para o partido e que a decisão da expulsão é uma forma de mostrar que não compactua com os posicionamentos de Sara Winter. "Para o Democratas, a democracia é inegociável. Não vamos compactuar com qualquer tipo de movimento contra a democracia.

Ela era filiada e disputou eleição, mas não tinha qualquer participação ativa dentro do partido, porém estava filiada ao Democratas. Aplicamos o estatuto nosso código de ética, para atitudes condenáveis", disse o prefeito de Salvador.

Fonte: Tribuna da Bahia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook