Analytics

sexta-feira, 19 de junho de 2020

Feira: Morre paciente que denunciou falta de medicamentos em Hospital de Campanha; 'Esse hospital não tem porte nenhum', diz esposa

Venâncio dos Santos | Foto: Reprodução
Morreu na noite de ontem (18), vítima de complicações pelo novo coronavírus, Venâncio dos Santos Ferreira, 56 anos de idade, no Hospital de Campanha de Feira de Santana.

O paciente denunciou no início do mês, através de vídeo, que o hospital não tinha medicamentos para hipertensão. Ao portal De Olho na Cidade, a mulher de Venâncio, Marlene da Silva, disse que faltou assistência necessária e correta da equipe médica da unidade hospitalar.

“Estou revoltada com toda negligência do hospital com meu marido. Eu havia avisado para ele que aquele lugar não era confiável, que tinha acabado de ser aberto. Os médicos estão há dois dias falando que vão começar fazer diálise por conta dos rins de Venâncio e foi sempre demorando de fazer o procedimento. Ele morreu por descaso e falta de respeito desse hospital, sem porte nenhum”, desabafou

A mulher disse ainda que o homem chegou no hospital com 30% do pulmão comprometido e não entende como o caso se agravou tanto em pouco tempo. Ela declarou também que vai buscar seus direitos e processar os envolvidos no tratamento do marido.

“Esse hospital não tem porte nenhum. Sempre encontrando dificuldades para fazer qualquer coisa. Não vou parar, vou lutar até que os responsáveis paguem por isso”, finalizou.

Nossa reportagem entrou em contato com o Hospital de Campanha para obter uma resposta sobre os questionamentos da família, mas um pronunciamento irá ocorrer apenas às 16h desta sexta-feira (19). A secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, também foi procurada, porém não atendeu nossa equipe. Uma assessora informou que ela estava em reunião. Ligamos ainda para o prefeito Colbert Martins Filho, todavia não fomos atendidos.

Assista o apelo de Venâncio:

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook