Analytics

terça-feira, 28 de julho de 2020

Campanha mobiliza doações para agentes da cultura popular do Recôncavo

Imagens: Divulgação
A cultura popular e tradicional do Recôncavo é responsável pelas memórias, saberes e fazeres que tornam a arte e a cultura baianas tão peculiar. Mas essas manifestações são predominantemente realizadas por pessoas idosas e socialmente vulneráveis, que tiveram seu sustento comprometido devido à ausência dos eventos e turismo dos quais sobreviviam até então e ainda enquadradas como grupo de risco de contaminação por Covid-19.

É no intuito de salvaguardar a nossa cultura através da vida desses protagonistas que a ONG Casa de Barro, atuando há 15 na promoção da cultura do Recôncavo, vem somar esforços junto à comunidade e parceiros no combate ao coronavírus através do projeto ARte Salva, cuja campanha no site Benfeitoria busca arrecadar doações para atender a essas famílias.

O principal objetivo é priorizar o cuidado com esse público, instituindo uma campanha de arrecadação de alimentos e captação de recursos que possibilitem a eles se manterem em casa. Num primeiro momento serão beneficiadas 20 famílias que receberão um kit composto por cestas básicas, produtos de higiene, máscaras e vale gás. A primeira distribuição já acontece dia 3 de agosto, com recursos advindos do apoio emergencial da Fiocruz. 

A proposta é ampliar esse atendimento para 50 famílias de rezadeiras, sambadeiras, sambadores, griôs, contadores de histórias, artesãos, artesãs, dentre outros, oriundos da zona rural e urbana de Cachoeira e São Félix (Bahia) através das doações oriundas da campanha, que prevê a extensão do auxílio até o fim de 2020, chegando a um total de 250 kits distribuídos.

Além da preocupação com a segurança alimentar, o projeto propõe ações de educação e comunicação para sensibilizar a comunidade em geral para os cuidados de prevenção à doença, reafirmando os protocolos de higiene e comportamento social para minimizar os riscos de infecção, através da comunicação em rádio, outdoors, cartazes e redes sociais. Com o notado aumento do número de casos de Covid-19 registrados na região, a campanha “ARte Salva” propõe uma rede de solidariedade para resguardar a comunidade e resistir à pandemia. “Buscamos sensibilizar as pessoas de que, para além do cuidado consigo, precisamos cuidar e pensar no outro. Estamos numa grande teia que requer ajuda mútua, cuidado com o coletivo”, explica Luísa Mahin Nascimento, coordenadora do projeto.
Doações em dinheiro podem ser feitas através através da plataforma www.benfeitoria.com/artesalvabahia ou de depósito bancário na conta corrente da Casa de Barro: Banco Bradesco. Agência 3011-2. Conta corrente 29930-8. CNPJ: 07.552.020/0001-14. 

Para doação de alimentos entrem em contato pelo telefone/whatsapp (75) 98359-1566 ou e-mail artesalva.casadebarro@gmail.com

O projeto conta com o apoio emergencial da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e Fundo Baobá para a Equidade Racial e a parceria do Comitê de Solidariedade Popular contra a Covid-19 de Cachoeira. Para acompanhamento do movimento e prestação de contas da campanha siga o Instagram e Facebook do projeto ou acesse o site da Casa de Barro .
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook