Analytics

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

‘Avaliação da justiça’ para aborto de criança estuprada com 10 anos causa polêmica

Foto: Reprodução
O suspeito pelos abusos é o tio da criança, que está desaparecido, mas não é considerado foragido por não haver mandado de prisão contra ele. A denúncia do crime aconteceu no sábado, 8. A menina deu entrada no Hospital Estadual Roberto Silvares acompanhada de um familiar. Lá, informou ter sido vítima de estupro e estar grávida.

Ouvida pela polícia, a garota disse que é estuprada pelo tio desde os 6 anos de idade, mas que não o denunciou por medo, já que ele a ameaçava de morte. O caso da menina de 10 anos que engravidou por estupro está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Idoso (DPCAI) de Sâo Mateus.

A criança foi levada pelo Conselho Tutelar para um abrigo, onde tem recebido apoio médico, social e psicológico. A Justiça ainda não se posicionou sobre a possibilidade de a menina de 10 anos que engravidou por estupro abortar. O caso está em análise. A legislação brasileira aventa essa possibilidade quando uma menor é vítima de abusos sexuais. A indefinição causou revolta na web nesta quinta, 13. No Twitter, a hashtag #gravidezaos10mata viralizou.

Fonte: Gazeta
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook