Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Jorge Araujo
O dólar fechou em queda hoje (27), de olho nas divergências entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, e com os mercados avaliando o discurso do presidente do Federal Reserve, Banco central dos EUA.

A moeda norte-americana caiu 0,72%, a R$ 5,5758. Ontem o dólar atingiu a maior cotação desde maio e fechou em alta de 1,62%, a R$ 5,6164. Na cena doméstica, as atenções seguiram voltadas para as divergências entre o presidente Jair Bolsonaro e a equipe do ministro Paulo Guedes, em meio a preocupações sobre a agenda fiscal do país.

Fonte: Metro 1

Facebook