Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução 
A vacina desenvolvida no laboratório russo não tem solicitação de registro no Brasil, segundo informações, divulgadas nesta terça-feira (11), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ainda conforme o anúncio, nenhuma entidade solicitou parceria em relação a vacina no país. Por causa da situação atual, a Anvisa não pode avaliar ou se pronunciar em relação a eficácia do produto.

Vale lembrar que a fiscalização dos dados oficiais só ocorre com a solicitação do laboratório farmacêutico. A Anvisa é o órgão do governo que avalia os pedidos de registro e autorizações de estudos apresentados pelos laboratórios farmacêuticos que pretendem colocar no mercado brasileiro seus medicamentos e vacinas.

Fonte: BNews

Facebook