Analytics

menu

Image Map

Nobeta

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

'Sou negro, adotei um menino branco e fui acusado de sequestro'

Foto: Reprodução
Histórias de acolhimento e adoção inter-racial são quase sempre contadas por pais brancos que se dedicam a cuidar de crianças não-brancas. Mas o que acontece quando pais não-brancos resolvem adotar crianças brancas? Um cotidiano de suspeita e interrogatório, dizem eles. 

Peter, que nasceu na Uganda, já viveu isso na pele. Ele é pai adotivo de crianças brancas nos EUA. 'Há um homem negro sequestrando uma criança branca' Johnny*, de sete anos, estava agitado. Ele havia acordado de mau humor e isso só aumentava com o passar do dia. 

Agora, em um restaurante em Charlotte, no Estado americano da Carolina do Norte, Peter podia ver Johnny discutindo com outra criança na área de recreação. Ele teve que agir rápido para tirar seu filho adotivo do restaurante. Pegando o menino nos braços, Peter pagou rapidamente a conta. 

Enquanto carregava Johnny para o carro, a criança se contorcia em seus braços e não parou até Peter a colocar no chão para abrir a porta do carro. Uma mulher se aproximou deles e confrontou Peter. "Onde está a mãe desse menino?", perguntou ela. "Eu sou o pai dele", respondeu Peter.

Fonte: G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook