Analytics

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Apenas uma capital brasileira elegeu uma mulher como prefeita

Foto: Reprodução
Chintia Ribeiro (PSDB) foi a única mulher eleita para governar uma capital do Brasil (Palmas/TO). Ela venceu as eleições na cidade ainda no primeiro turno, sendo reeleita, já que assumiu a prefeitura em 2018, quando era vice-prefeita de Carlos Amastha (PSB), que saiu para concorrer a governador do estado.

Também nas últimas eleições, em 2016, apenas uma mulher foi eleita para o cargo municipal em todo país: Teresa Surita (PMDB), em Boa Vista (RR). No segundo turno, cinco mulheres disputaram as eleições municipais em capitais, mas não levaram a vitória.

Dentre elas, estava Manuela D’Ávilla (PCdoB), Marília Arraes (PT), Delegada Danielle (Cidadania), Socorro Neri (PSB) e Cristiane Lopes (PP). No Brasil inteiro, o percentual de mulheres eleitas ao cargo municipal é de apenas 12,2%.

O número é baixo, mas é maior do que o das últimas eleições, onde a representação feminina era de 11,6%, segundo dados do TSE. Essa taxa ainda tem a possibilidade de aumentar caso a candidata Patrícia Ferraz (Podemos) seja eleita em Macapá, onde as eleições acontecerão no dia 6 de dezembro.



Fonte: Metro 1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook