Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
A Polícia Federal afirmou em relatório concluído em 2018, após uma perícia no sistema eleitoral, que a centralização da totalização de votos das eleições no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) iria minimizar a exposição dos dados e teria potencial de melhorar “consideravelmente a segurança operacional” do sistema. 

Até a eleição anterior, os boletins das urnas eram transmitidos para os computadores dos tribunais regionais eleitorais, que totalizavam os votos e enviavam o resultado para o TSE. 

Neste ano, o tribunal mudou o procedimento e centralizou a totalização dos votos em Brasília.


Fonte: G1

Facebook