Analytics

segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Pantanal tem pior outubro de queimadas da história e fogo cresce 121% na Amazônia

Foto: Reprodução
A Amazônia e o Pantanal continuaram sendo castigados pelas queimadas em outubro, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Na Amazônia, foram registrados 17.326 focos de queimada no último mês, uma alta de 121% em relação a outubro de 2019, quando houve 7.855 (menor valor já registrado no bioma para o mês).

É o segundo pior outubro de queimadas da Amazônia dos últimos dez anos, atrás apenas de 2015, com 19.469 focos de calor. A grande incidência de queimadas ocorre mesmo com a proibição de uso de fogo na Amazônia e também com a presença das Forças Armadas na floresta para a Operação Verde Brasil 2 contra ilícitos ambientais desde maio. Além de queimadas, o desmatamento também permanece em níveis elevados.

No Pantanal, o mês de outubro foi o pior da história em incêndios. A situação é agravada porque o bioma passa pela pior seca dos últimos 60 anos. Em outubro, foram 2.856 focos de calor, um aumento de 17% em relação ao mesmo mês de 2019.



Fonte: Voz da Bahia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook