Analytics

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Bolsonaro sobre vacina: “Se tiver efeito colateral, não vão cobrar de mim”

Foto: Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro alegou na noite desta quarta-feira (02/12) que, caso após a aplicação das vacinas contra a covid-19 a população apresentar algum efeito colateral, não poderá cobrá-lo. A declaração foi feita a apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada. 

“Vamos supor que em uma das cláusulas da vacina que eu vou comprar, vamos dizer que, lá no meio, está escrito o seguinte: “Nos desobrigamos de qualquer ressarcimento, de qualquer responsabilidade com possíveis efeitos colaterais imediatos ou futuros. E daí, vocês vão tomar a vacina?”, questionou aos bolsonaristas. 

O mandatário completou que divulgará futuramente as cláusulas do contrato e que aqueles que receberem o imunizante, estarão cientes dos riscos e por conta própria. “Eu vou mostrar todo o contrato para vocês. Quem tomar vai saber o que está tomando e as consequências. Se tiver um problema, um efeito colateral qualquer, já sabe que não vão cobrar de mim porque eu vou ser bem claro”, concluiu.


Fonte: Correio Brazilliense
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook