Analytics

/* Blogger CSS Conflict Fix */ .camera_pag_ul { border: none !important; background: none !important; } .camera_pag_ul li { float: inherit !important; padding: inherit !important; } .camera_pag_ul { margin: 0 !important; border: 0 !important; }
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Butantã adia entrega de resultados finais da vacina Coronavac contra a Covid-19

Foto: Reprodução
A previsão da data de entrega dos resultados finais do imunizante Coronavac à Anvisa foi adiada. Isso acontece após o polêmico anúncio feito pelo governador de São Paulo, João Dória (PSDB), que prometeu iniciar a vacinação no estado dia 25 de janeiro. 

O Instituto Butantã, junto com a empresa farmacêutica chinesa Sinovac, tinha previsto o envio dos documentos finais dos testes de eficácia da vacina Coronavac até amanhã (15) para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária analisar a sua aprovação.

Hoje (14), um dia antes da esperada entrega, eles informaram que este prazo terá que ser prorrogado, mas não estabeleceram uma data específica. Esse material é necessário para que a Anvisa possa autorizar o uso da vacina no país. 

Essa exigência vai provavelmente atrapalhar os planos de Doria, que contava com a aprovação dentro do prazo para disponibilizar o imunizante no início do ano que vem. O Ministério da Saúde publicou, na tarde de ontem (13), um vídeo criticando a postura do governador e afirma que ele está “brincando com a esperança de milhares de brasileiros”.


Fonte: Metro 1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook