Foto: Reprodução
Três homens acusados de violência doméstica foram presos em menos de 48h, entre a terça (1º) e a quarta-feira (2), nos bairros de Alto do Cabrito e Nova Constituinte, em Salvador, e no Centro Industrial de Aratu, em Simões Filho.

No Alto do Cabrito, a prisão ocorreu na quarta-feira (2), após o homem, de acordo com a ex-companheira, descumprir a medida protetiva concedida a ela. O acusado foi encaminhado à audiência de custódia. Já em Nova Constituinte, o suspeito foi acusado de tentativa de feminicídio contra a ex-companheira. Segundo a vítima, ele a atacou com uma faca. 

O caso ocorreu em setembro deste ano e a Justiça decretou sua prisão na última quarta-feira (25). Ele foi localizado pelos investigadores da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Periperi.De acordo com os policiais, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e tem passagem no sistema da polícia por agressão. O acusado também respondia por crime de lesão corporal contra a vítima. 

Ele passou por exames e foi encaminhado para sistema prisional. No Centro Industrial de Aratu, um homem foi preso em flagrante por manter a ex-companheira e os dois filhos em cárcere privado há mais de 24 horas. A polícia foi acionada após um pedido de socorro através de um aplicativo de mensagens. O acusado foi autuado em flagrante por cárcere privado, ameaça, injúria e passou por exames de lesões corporais. Ele está à disposição do Poder Judiciário.


Fonte: Varela Notícias

Postagem em destaque

Facebook