Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
O cantor Belo foi preso hoje (17), pela Delegacia de Combate às Drogas, da Polícia Civil do Rio de Janeiro, por fazer um show no Complexo da Maré, na Zona Norte da capital, furando os protocolos de restrições da pandemia de covid-19. 

O evento aconteceu no último sábado (13), dentro de um colégio público. Ele foi abordado e preso em Angra dos Reis, enquanto estava uma produtora local. Também foram apreendidos equipamentos de som e veículos. A polícia investiga também uma possível invasão ao Ciep 326- Professor César Pernetta, já que o show não obteve autorização das autoridades de Saúde. 

Vídeos postados por fãs do artista em redes sociais mostram grande aglomeração no local, com gente inclusive em cima do palco. Em entrevista à TV Globo, o cantor argumentou: “Fizemos o show seguindo todos os protocolos. Não temos controle do geral. Isso nem os governantes têm. 

As praias estão lotadas, transportes públicos, e só quem sofre as consequências são os artistas. Que foi o primeiro segmento a parar, e até agora não temos apoio de ninguém sobre a nossa retomada. Sustentamos mais de 50 famílias”. De acordo com a polícia, todas as pessoas envolvidas no evento serão ouvidas, e Belo será intimado para esclarecer quem pagou o cachê do show.



Fonte: Metro 1

Facebook