Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
Filho afetivo da deputada federal Flordelis, Lucas Cézar dos Santos de Souza afirmou que a mãe o orientou a assumir a autoria do assassinato do pastor Anderson do Carmo.

"Isso veio em uma carta através dos advogados do Flávio. Cheguei no presídio dias depois dele. Ficamos na mesma cela. Minha mãe mandava cartas com frequência para mim. Em uma delas, ela pediu para eu assumir a autoria do crime. Do contrário, ela e o Flávio poderiam ser prejudicados. Ela pediu para eu fazer isso, falando que não iria me abandonar e me daria toda a assistência. Inclusive a carta tinha a assinatura dela", disse Lucas.

Nessa ocasião, ele se refere a Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico de Flordelis e, segundo a polícia, responsável direto pelo assassinato do pastor. A afirmação foi feita na manhã desta segunda-feira (19), durante depoimento prestado ao Conselho de Ética e Decoro da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Lucas prestou depoimento remoto, uma vez que está detido no Presídio Tiago Teles, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Segundo Lucas, a carta foi rasgada dentro do presídio pelo próprio Flávio.



Fonte: G1

Facebook