Foto: Reprodução
Um menino de 13 anos ficou revoltado após a mãe proibí-lo de jogar Free Fire, um jogo de tiro para celulares. Como ‘retaliação’, ele decidiu tocar fogo na casa da família em Goianésia (GO) no último domingo (4). Segundo o G1, a sala da residência, com vários móveis, foi destruída pelas chamas. 

O adolescente tentou, ainda, roubar a arma dos policiais militares que foram prestar socorro. De acordo com o relato da mãe, ela não deixou o filho pegar o celular para jogar. Em seguida, a criança pegou álcool e fósfoto para atear fogo no cômodo. 

A mulher relatou ainda que essa não é a primeira vez que o menino demonstrou comportamento agressivo e rebelde. Quando a polícia chegou, ele teria dado chute e socos nos militares, que precisaram algemá-lo por segurança. O Conselho Tutelar foi chamado para acompanhar a situação. O adolescente foi levado para delegacia. Foi registrado um boletim de ocorrência circunstanciado e, em seguida, ele foi liberado.


Fonte: Bahia Notícias

Postagem em destaque

Facebook