Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta terça-feira (20) o uso emergencial de um medicamento contra a Covid-19. 

O coquetel contém a combinação de casirivimabe e imdevimabe (Regn-CoV2), dois remédios experimentais desenvolvidos pela farmacêutica Roche. A aplicação é intravenosa, com uso restrito a hospitais e venda proibida ao público em geral. 

O medicamento é indicado para a fase inicial da doença. Casirivimabe e imdevimabe são dois anticorpos monoclonais que bloqueiam a entrada do vírus na célula. O tratamento é indicado para adultos e pacientes pediátricos (com 12 anos ou mais que pesem no mínimo 40 kg) que não necessitam de suplementação de oxigênio, e é contra-indicado para prevenção da Covid-19. Este é o segundo medicamento aprovado pela agência. O primeiro foi o remdesivir.

Fonte: Metro 1

Facebook