Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução 
Durante a gravidez, Halima Cisse acreditava estar grávida de ‘apenas’ 7 bebês. A gestação já era de risco, tanto que ela foi transferida do Mali, onde mora, para um hospital do Marrocos. Durante o parto, a surpresa: surgiram dois gêmeos “extras” e ela deu à luz a nônuplos. 

Todo o procedimento foi organizado por meio da cooperação internacional entre os dois países africanos. O Ministério da Saúde do Mali confirmou, nesta terça-feira (4), que as 5 meninas e 4 meninos passam bem.

Em nota, o governo do Mali informou que Cisse esteve por duas semanas internada em um hospital local para acompanhamento dos médicos, mas que no fim de março foi transferida para uma maternidade no Marrocos que se encarregou do procedimento de risco. 

“Agradecemos o apoio da família Cisse, voluntários e de todo o povo do Mali”, disse a ministra da Saúde, Fanta Siby, em um comunicado. “Damos os parabéns às equipes médicas do Mali e do Marrocos cujo profissionalismo fez com que o resultado desta gravidez fosse tão feliz.” A nova mãe e seus bebês devem voltar para casa apenas em algumas semanas.



Fonte: Correios

Facebook