Foto: Reprodução
Beirando os 20 milhões de casos confirmados da Covid-19, a Índia vive um dos momentos mais críticos da segunda onda da pandemia. No domingo (2/5), o Hospital Distrital de Bahraich, cidade próxima à fronteira do país com o Nepal, acabou protagonizando uma das cenas mais comoventes registradas neste período. 

Uma mulher, que não teve a identificada, tentou manter a mãe viva por meio de respiração boca a boca ao presenciar o sofrimento da genitora para respirar. A paciente estava com a dificuldade de respiratória decorrente do agravamento da doença e no local faltavam suprimentos para realizar o atendimento. 

Assim como outras unidades de saúde da região, o hospital foi afetado pelo desabastecimento de oxigênio. Por meio de vídeo, que viralizou nas redes sociais nesta segunda, a filha da vítima é flagrada fazendo a respiração enquanto a mãe aparece deitada na maca da unidade hospitalar.

Segundo informações do site “India.com”, as tentativas da filha não obtiveram sucesso e a mãe morreu. Nesta segunda-feira (3/5), a Índia relatou mais de 300 mil novos casos de coronavírus. Com isso, o número total de casos da doença subiu para 20 milhões, enquanto as mortes por Covid-19 aumentaram em 3.417, totalizando 218.959.

Pelo menos 11 estados e territórios da união impuseram restrições ao movimento de pessoas, para tentar conter as infecções. Entretanto, o governo do primeiro-ministro Narendra Modi reluta em anunciar um bloqueio nacional, preocupado com o impacto econômico.



Fonte: AratuON

Facebook