Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
Tudo começou quando Daniela disse na semana passada, durante o programa “CNN 360º”: “Não saia daí porque agora, infelizmente, a gente vai falar de notícia boa, mas com valores não tão expressivos”. 

Daniela comentava o saldo positivo – porém, o menor do ano – de vagas de emprego abertas em abril no país. No entanto, os apoiadores do presidente distorceram a fala, compartilhando nas redes sociais apenas a primeira parte da frase (“infelizmente, a gente vai falar de notícia boa”). 

Nesta terça-feira, 1ª de junho, Bolsonaro, então, disse aos seus apoiadores, sem citar o nome de Daniela Lima: “‘Infelizmente, somos obrigados a dar uma boa notícia, mas não é tão boa assim não’. É uma quadrúpede. Afinal de contas, acho que não preciso dizer de quem ela foi eleitora no passado, né? De outra do mesmo gênero.” 

No dia 8 de maio, Daniela Lima também foi alvo de ataques de bolsonaristas ao comentar sobre a operação policial que deixou 28 mortos no Rio de Janeiro.



Fonte: Catraca Livre

Facebook