Foto: Reprodução | Redes Sociais
Uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) detectou variante Gama do novo coronavírus em pessoas assintomáticas na cidade.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (18) e segundo a UEFS, resultados parciais da pesquisa chamada de "Vigilância Epidemiológica e Genômica da Covid-19 de indivíduos em Grandes Áreas de circulação em Feira de Santana" foram expostos em evento da instituição.

A pesquisa foi feita entre 8 de abril e 18 de maio de 2021, com testes de detecção do coronavírus em pessoas que não apresentavam sintomas em locais de grande circulação do município. A metolodogia usada foi a de sequenciamento do RNA viral para encontrar caraterizações genéticas do vírus.

A pesquisa foi desenvolvida em parceria com a Fiocruz, Vigilância Epidemiológica e Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana (VE/SMFS), OPAS/OMS, Coordenação Geral de Laboratórios de Saúde Pública (CGLAB/SVS/MS) e o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen/BA).

A universidade fala sobre a necessidade de compreender casos assintomáticos, através do reconhecimento de novas variantes do coronavírus e infectados. Os resultados divulgados mostram a coleta de 1.400 amostras, detectando 154 pessoas infectadas pela Covid-19 e classificadas como assintomáticas.

A coleta mostra também 122 genomas e uma variante predominante em 100% dos infectados, a P.1/P1.1, conhecida como variante de Manaus e que apresenta transmissão entre 1,7 e 2,4 vezes maior do que as outras.


Fonte: BN

Facebook