Foto: Reprodução | Redes Sociais
O estaleiro Enseada Indústria Naval, localizado em Maragogipe, no Recôncavo da Bahia, saiu do abandono e recebeu mais de R$ 660 milhões em investimentos do governo federal nesta quarta-feira (7). Paralisado por causa do cancelamento de projetos durante a Operação Lava Jato, estaleiro está desde outubro de 2019 em recuperação judicial. 

O empreendimento, que foi erguido pelo consórcio Odebrecht, Kawasaki, OAS e UTC, perdeu tudo em 2014 após três das empresas serem denunciadas na Operação Lava Jato, ao lado da SeteBrasil. A crise extinguiu 7.462 empregos diretos e deixou a cidade na falência. 

Leia também - Maragogipe: Prefeito e vice buscam apoio de prefeitos e políticos para implantação da BR do Mar; empreendimento deve gerar mais de 1500 empregos

O investimento faz parte da assinatura de 11 contratos pelo Ministério da Infraestrutura nesta quarta, que garantiu R$ 1,4 bilhão em investimentos nos terminais de uso privado (TUP) de oito estados brasileiros. O Enseada Indústria Naval foi o único do Nordeste a receber investimento. O vice-prefeito de Maragogipe, Adhemar Novaes, esteve presente em Brasília acompanhando a assinatura do contrato. 

Em julho de 2020, o estaleiro foi contratado para construir dois porta-contêineres, dedicados ao transporte de cabotagem a partir de janeiro de 2021.

Fonte: Metro 1

Facebook