Imagem: Reprodução
Mãe e filha se encontraram virtualmente depois de 31 anos após Rosemary Pereira dos Santos deixar Tâmara Santos, na época com 3 anos, com a avó, no distrito de Pimenta, em Camacan, extremo sul da Bahia, e procurar emprego em Salvador. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o encontro virtual entre Rosemary e Tâmara, promovido na Base Comunitária de Segurança (BCS) do Calabar/ Alto das Pombas, aconteceu na quarta-feira (7) após elas ficarem 31 anos afastadas. A conversa, que aconteceu na casa de Rosemary Santos, no bairro do Calabar, através de um aplicativo de chamadas. Um encontro presencial entre as duas está programado para acontecer em alguns dias. 

De acordo com a SSP-BA, a busca por uma vida melhor levou Rosemary Pereira dos Santos a deixar a família no extremo sul da Bahia e procurar emprego na capital baiana. Durante o período em que ficou separada de Tâmara, ela teve outros filhos e não conseguiu voltar para a cidade onde morava. Rosemary Pereira dos Santos foi até a BCS, contou aos policiais que sonhava em reencontrar a filha e pediu ajuda para achar os familiares. “Sonhava em voltar para sua cidade e reencontrar sua filha. 

Nesta quarta-feira conseguimos promover esse encontro por meio de vídeochamada e foi emocionante”, lembrou a comandante da BCS, capitã Aline Muniz. O órgão de segurança pública informou que a Polícia Militar contou com o apoio da 62ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/ Camacã), responsável pelo policiamento na cidade, para a realização do encontro.

“Decidimos gravar um vídeo e enviar para nossos colegas. Em apenas um dia, eles fizeram diligências e descobriram que a filha havia mudado para a cidade de Feira de Santana”, falou Muniz. A oficial contou também que mãe e filha devem se encontrar pessoalmente essa semana. “Tenho certeza que será comovente”, antecipou a policial.



Fonte: G1

Facebook