Foto: Reprodução
Alguém, em algum momento alertou para o fato de que a inconveniência da democracia é ter que ouvir e aturar até mesmo aqueles considerados incompetentes. O vereador feirense Edvaldo Lima (MDB) é uma prova viva dessa assertiva. 

A sua habitual prática em se comportar e falar bobagens tem sido uma realidade inquestionável. Para que isso se efetive na prática, basta que ele abra a boca para que comece a jactar uma série de impropérios. 

O seu comportamento é abominável e carece de qualquer contextualização histórica. Calado é um gentleman, falando é um desastre anunciado.

Dentre o corolário de besteiras proferidas pelo insidioso parlamentar destaque para a infeliz citação feita por ele na terça-feira (13), durante a realização da sessão que tratou da Lei de Diretrizes Parlamentares (LDO).

Leia também: Feira: Vereador Edvaldo Lima tem 3 filhos nomeados no governo e se irrita com entrevista: "você é fuxiqueiro"

Nesta data aziaga, fez ele uma declaração na Câmara Municipal de Feira de Santana, que podemos considerar como uma das mais desastrosas. Ao afirmar de forma cabotina que quando foi militar, período da ditadura, desconhecer o fato que ao longo desse tenebroso período, tenha havido mortes e menos ainda, pessoas torturadas pelo regime de exceção. 

Leia também: Vereadores de Feira de Santana criticam Jean Wyllys por projeto que não existe

A pergunta que não quer calar, embasado em que pode ele fazer tal afirmação. Ao que parece, devido ao seu baixo nível de escolaridade, não deve ter ocupado uma patente elevada na hierarquia militar que o permitisse a ter acesso a dados e documentos considerados, na época, como sigilosos. 

Leia também: Feira: MP-BA abre representação contra vereador por discriminação

Talvez diante dessa realidade é que ele se viu impedido de tomar conhecimento de fatos. Fatos estes, que são de domínio e conhecimento geral, tanto no país como no exterior. 

Tal comportamento adotado por sua excelência, nos induz a acreditar que esse cidadão seja alguma espécie de alienígena. Há que defenda e afirme que os homens são de Marte, talvez seja ele, um desses homens.

*Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Os artigos assinados no Diário da Notícia é de total responsabilidade de seus autores, não refletindo necessariamente a opinião do site.

Facebook