Analytics

menu

Image Map

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Muritiba: Serviço de Investigação da Civil prende acusados de tráfico e homicídios

Foto: Reprodução
Um trabalho de meses do Serviço de Investigação da Polícia Civil de Muritiba, que tem o comando da delegada titular Ana Neide Vieira, prendeu três acusados de tráfico de drogas no município. De acordo com os investigadores, os indivíduos foram presos dois por mandados da Justiça, sendo o terceiro em flagrante.

Os suspeitos:
Com vulgo de Brabo, o acusado era um dos mais temidos traficantes e homicidas da cidade. Fernando de Melo - o Sabata - foi preso suspeito de tráfico de drogas - era um dos principais traficantes do Município. Lider de quadrilha e responsável pela distribuição de drogas em bairros periféricos da cidade. Wilson Costa Nunes foi o terceiro suspeito preso em flagrante por tráfico de drogas. Segundo o Serviço de Investigação da Civil, os três fazem parte da facção Bonde do Maluco (BDM). Todos estão custodiados a disposição da Justiça.

Mais investigações:

A Polícia Civil destacou que as investigações continuam no município e que outros acusados de tráfico de drogas e homicídios estão sendo monitorados pela Polícia. De acordo com o Serviço de Investigação o trabalho continua no intuito de chegar a outros líderes do tráfico de drogas na Cidade Serrana.

Morte de Presidente da Cootam:

De acordo com os investigadores o caso continua sendo tratado com prioridade pela equipe do Serviço de Investigação e já tem um desdobramento mas que não pode ser revelado para não atrapalhar o levantamento policial em torno do crime. Reginaldo Souza era presidente da COOTAM - Cooperativa dos Condutores Autônomos de Transporte Alternativo do Recôncavo Meridional - Regis como era conhecido tinha 37 anos, foi executado com oito tiros na noite de segunda-feira 18 de Setembro de 2017, quando estava próximo da sua residência, por volta das 19:00hs, no Posto Sanca, zona rural de Muritiba, Recôncavo Baiano (saiba mais aqui).

Reportagem e fotos: Fábio Santos / Diário da Notícia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook