Analytics

menu

Image Map

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Painel discute cadeia produtiva de lima ácida Tahiti no Recôncavo Baiano

Foto: Léa Cunha
Nesta quinta-feira (28), das 10h às 12h, a Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA) realiza palestras técnicas abertas ao público relacionadas à cadeia produtiva de lima ácida Tahiti no Recôncavo Baiano. A região contempla alguns dos municípios que mais produzem a fruta no estado: Cruz das Almas, Sapeaçu e Muritiba.

Os pesquisadores Hermes Peixoto e Claudio Leone vão ministrar as palestras “Controle da ‘estrelinha’, doença de alto impacto na produção de frutos” e “Aprimoramento do manejo da cultura em busca de qualidade e produtividade – porta-enxertos e adensamento”, respectivamente.

As duas palestras completam as atividades do painel de validação e priorização de demandas tecnológicas da fruticultura baiana realizadas pelo projeto Gestfrut (“Estabelecimento de uma rede de pesquisa, transferência de tecnologia e inovação para a fruticultura do estado da Bahia, com base na articulação, gestão e comunicação”), financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), que vai começar às 8h30.

O objetivo do painel é definir a ordem de prioridade das principais demandas tecnológicas da cadeia produtiva de lima ácida Tahiti no recôncavo baiano. “Os participantes do painel vão discutir e apresentar a percepção consensual referente aos problemas/demandas de pesquisa, considerando os atributos gravidade, urgência e tendência”, explica o pesquisador Domingo Haroldo Reinhardt, coordenador do Gestfrut.

Como resultado do evento, pretende-se ainda estabelecer e promover a atuação de um comitê tecnológico regional de apoio à rede de pesquisa, transferência de tecnologia e inovação para a fruticultura do estado da Bahia.

Léa Cunha (DRT-BA 1633)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Facebook