Analytics

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

CrediBahia disponibiliza recursos para pequenos empreendimentos no interior

Foto: Reprodução
Quem entra na Vanfashion, no bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, não imagina a história da pequena loja. Três gerações de uma família trabalham para manter o empreendimento. Vania Brito é quem toca o negócio, que herdou da mãe, e já está ensinando para a filha. Há mais de 15 anos, elas conheceram o CrediBahia, linha de crédito do Governo do Estado que é utilizada desde então e que proporcionou o crescimento da loja.

O CrediBahia é oferecido para micro e pequenos empreendedores, a partir de parceria entre a Agência de Fomento da Bahia (Desenbahia), a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e o Sebrae. Em 2019 estão disponíveis R$ 56 milhões para investimentos.

Os valores liberados variam de R$ 200 a 10 mil, com até 24 meses para pagar. Vânia Brito conta que conheceu o CrediBahia por meio de um amigo. “Já tem mais de 15 anos que fizemos o primeiro contrato de crédito. Nós ainda éramos sacoleiras.

Depois, alugamos um ponto e agora temos a nossa loja própria. Continuamos pegando o crédito, pagamos, investimos o lucro e pegamos mais créditos. Os juros são pequenininhos, não tem como não pagar. Se investir, a gente cresce mesmo”.

A gerente de Microfinanças da Desenbahia, Márcia Fonseca, informa que podem fazer o financiamento micro e pequenos empreendedores de toda a Bahia, tanto das áreas de serviço, como de comércio e pequenas transformações.

Podem também ser pequenos ambulantes, mecânicos, baianas de acarajé, entre outros. “O empreendedor precisa já ter o negócio há seis meses e procurar um posto do CrediBahia”, explica. A gerente acrescenta que já foram investidos pelo programa cerca de R$ 500 milhões. “Ano passado foram R$ 49 milhões aplicados em microcrédito através dessa linha, e 97% desses recursos foram destinados ao interior do estado, o que é uma meta da Desenbahia.

Levando este crédito ao interior, a gente dá oportunidade de trabalho nessas localidades e acaba gerando emprego para outras pessoas, fortalecendo o empreendedorismo nos municípios”, afirma Márcia. Cerca de 250 profissionais atuam em 177 municípios baianos, em busca ativa dos empreendedores e oferecendo consultoria sobre o crédito e sobre como fazer a gestão do crédito.

Coordenador de Microcrédito e Finanças Solidárias da Setre, José Paulo Crisóstomo Ferreira comenta que as prefeituras das cidades que ainda não possuem CrediBahia podem enviar a solicitação para a Setre. “Elas serão orientadas para a implantação do programa, com a capacitação e orientação pela Setre e pela Desenbahia”.

A Setre faz o diálogo com as prefeituras, promove a supervisão do programa e o diálogo com a Desenbahia. “Em Salvador, nós temos agência no Shopping da Bahia.

No interior, são 177 agências do CrediBahia, presentes em 176 municípios, nos 27 territórios de identidade. Nós já temos cerca de 78 mil empreendedores apoiados pelo CrediBahia no estado”, relata Crisóstomo.


Fonte: Recôncavo Online
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook