Analytics

segunda-feira, 23 de março de 2020

Feira: Enfermeira do programa de imunização garante que todos os idosos vão ser vacinados

Foto: Reprodução
Com mais de 100 postos de vacinação, a secretaria municipal de saúde não conseguiu na última sexta-feira (20) enviar a vacina contra a influenza e H1N1 para todas as unidades. Na manhã desta segunda-feira (23), algumas unidades não tinham sido abastecidas. A enfermeira referência do programa de imunização, Simone Neves, informou que cerca de 70% das vacinas já tinham chegado por volta das 8h nos postos e que as demais foram distribuídas durante a manhã.

“Recebemos a vacina na quinta-feira passada, essas vacinas foram armazenadas nas nossas geladeiras, a gente tem toda a questão logística e separação desses imunes. Na sexta-feira a gente fez essa separação, todas essas vacinas foram arrumas, articulamos com o setor de transporte para que essas vacinas fossem distribuídas, algumas já foram na sexta, outras ficaram de ser distribuídas hoje pela manhã.

A gente tá pedindo que as pessoas tenham calma e tranquilidade. Não precisa ter agonia, não precisa ter aglomeração de pessoas, a vacina vai chegar em todas as unidades de saúde e é importante que as pessoas se protejam e evitem aglomerações”, destacou. Ela informou ainda que quem não conseguiu se vacinar nesta segunda devido a falta da vacina, poderá ir à unidade de saúde na terça, que será vacinado.

Com relação a vacinação das pessoas idosos, que estão no grupo de risco para o coronavírus e há uma recomendação para que fiquem isolados e evitem sair de casa, a enfermeira disse que são 108 postos de saúde funcionando na cidade para atender a uma média de 49 mil idosos. “A meta do Ministério da Saúde é vacinar 90% dessas pessoas. Mas, a meta pessoal de Feira de Santana é vacinar 100%.

Agora nesta semana, que estamos nesse cenário de Coronavírus, a gente pede para que as pessoas se resguardem, avaliem essa situação da vacinação, evitem aglomerações e a vacina vai até maio, o mais importante é se proteger e evitar exposição”, salientou. Com relação aos idosos que tem algum problema de saúde e não podem se deslocar para a unidade de saúde, a enfermeira Simone Neves afirmou que todas as unidades de saúde estão preparadas e tem a lista dos acamados.

Aquelas pessoas que não estão na lista ou que chegaram recentemente na área, o familiar que não esteja no grupo de risco vai até uma unidade de saúde e informa a unidade mais próxima da sua residência que a unidade vai agendar um dia e um horário mais oportuno para fazer a visitação. “A gente só pede para que as pessoas tenham paciência e tranquilidade, porque a vacina vai chegar a todos, mas não tem como ser de vez para todo mundo, então, pedimos para que as pessoas que estejam em casa, continuem e esperem o melhor momento para fazer a vacinação diante desse cenário”.

A enfermeira informou ainda que os agentes comunitários de saúde também estão nesse trabalho orientando as pessoas que estão em casa, especialmente os idosos. “O agente comunitário de saúde hoje está sendo nosso principal elo de comunicação com as unidades e idosos. Eles estão passando as informações, estão marcando os horários e o dia e estão fazendo esse trabalho para poder evitar aglomerações nas unidades de saúde.

Quem possui agente comunitário de saúde, aguarde seu agente que ele vai passar o dia e o horário de forma organizada, sem tumulto nas unidades de saúde”, afirmou. Esta semana cerca de 42 mil doses de vacinas foram distribuídas em Feira de Santana. Segundo a enfermeira, o Núcleo Regional de Saúde informou que mais doses serão entregues nas próximas semanas. Neste primeiro momento, os grupos prioritários a serem vacinados são idosos, Feira possui 49 mil, e profissionais de saúde, são aproximadamente 39 mil no município.

Fonte: Acorda Cidade 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook