Analytics

menu

Image Map

Nobeta

quinta-feira, 5 de março de 2020

Grupo de conselheiros do Bahia é o primeiro a eleger mulher como presidente

Foto: Reprodução
A Nova Ordem Tricolor (NOT), grupo de conselheiros do Esporte Clube Bahia, foi o primeiro na história a escolher uma mulher como presidente. Quem assume o posto é Mariana Cardoso, engenheira civil de 32 anos e sócia do Bahia há seis.

Mariana destaca a importância de estar à frente de um grupo com a dimensão da Nova Ordem Tricolor. “Infelizmente, por uma questão cultural, as torcidas dos clubes são compostas por mais homens do que mulheres e na política não é diferente. Sinto-me lisonjeada em estar fazendo parte de uma quebra de paradigma.

Pretendendo dar continuidade ao belo trabalho que vem sendo feito pelo grupo até aqui”, comenta. A vice-presidência do grupo ficou com João Gabriel Leiro. Sobre a sua motivação em participar da vida política do Bahia, Mariana explica que entender melhor como funcionam os bastidores do clube foi o que a levou a seguir esse caminho. “É muito fácil criticar sem saber o que se passa internamente.

A democracia trouxe para o torcedor do Bahia a possibilidade de poder contribuir, opinando e fiscalizando o que acontece no seu clube do coração. Na realidade do futebol brasileiro, isso é um privilégio: essa é a minha motivação”, destaca Mariana. A nova presidente da Nova Ordem Tricolor faz um convite às torcedoras. “Precisamos participar ativamente da política do Bahia.

Nossas vozes precisam ser ouvidas. Estatutariamente, as chapas precisam ser compostas por 20% de mulheres, mas nem o quadro social do clube tem essa quantidade. Espero que, de alguma forma, minha ocupação como presidente da NOT sirva de exemplo para que mais mulheres se engajem com a política tricolor”.

Fonte: Forte na Notícia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook