Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
Morreu na tarde desta última terça-feira, dia 09, em Salvador, o ex-governador da Bahia, Roberto Santos. Ele tinha 94 anos de idade e estava internado há duas semanas em um hospital particular para tratar de problemas renais. 

Com participação expressiva em diversas instituições e esferas da cultura, da ciência e da política, Roberto Santos deixou um legado inestimável à Bahia e ao Brasil. Uma trajetória impecável, marcada por trânsitos em diferentes domínios, desde a política à música. Roberto foi um dos principais defensores da ciência, da tecnologia e da inovação como ferramentas capazes de transformar a vida em sociedade. 

Por onde passou, Roberto Santos deixou frutos que ficaram e o eternizaram na história da Bahia e do país. O ex-governador inaugurou o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), construiu o antigo Centro de Convenções da Bahia, inseriu os Centros Sociais Urbanos (CSUs) no estado, foi membro da academia Baiana de Letras e da Academia Nacional de Medicina, reestruturou e ampliou instalações e prédios da UFBA e produziu, ao longo de sua vida, mais de 40 obras científicas.

Roberto também foi médico, professor, secretário de Saúde, reitor da Universidade Federal da Bahia e governador da Bahia.



Fonte: Tribuna do Recôncavo

Facebook