Analytics

menu

Image Map

Nobeta

sexta-feira, 21 de agosto de 2020

Barragem de Pedra do Cavalo: Cachoeira, São Félix e Maragogipe precisam de planos de emergência urgentemente

Fotos: Reprodução | YouTube
A Barragem de Pedra do Cavalo fica entre as cidades de Cachoeira e São Félix, no Recôncavo Baiano. A construção da barragem trouxe vantagens e desvantagens para os moradores da região. Uma das vantagens foi o fim das enchentes, principalmente em Cachoeira, e a desvantagem, por exemplo, foi para os moradores ribeirinhos que dependem da pesca e da mariscagem - segundo relatos, espécies aquáticas que existiam antes da construção da barragem não encontram mais. Agora, a maior desvantagem - e essa é de todos os moradores de Cachoeira, São Félix e Maragogipe - é o grau de risco que uma barragem pode oferecer, que segundo a Votorantim é muito baixo e o monitoramento é constante.

Mas, uma das ações fundamentais que está faltando para os moradores é um plano de urgência e emergência, caso haja algum incidente com a barragem. As cidades não dispõem de avisos sonoros de alerta, saídas de emergência, pontos de encontro, treinamento para moradores, além da defesa civil cobrindo cada município que pode ser afetado por um rompimento ou liberação urgente de água da Usina Hidrelétrica Pedra do Cavalo.
Moradores de Cachoeira, após o tremor de terra que aconteceu nesta quarta (19/08) e o anúncio do teste de calha, que foi cancelado (veja aqui), começaram a questionar a falta de algum plano de ação para a evacuação dos moradores em caso de necessidade.

Roque Brito, morador de Cachoeira, através das redes sociais solicitou:
"As prefeituras de Cachoeira e a de São Felix, a Votorantim, EMBASA que administram a barragem precisam preparar e organizar os municípios e os munícipes para promover um plano de evacuação em uma situação de emergência com a barragem o mais rápido possível, a saída de todos os ocupantes do nosso município e da cidade vizinha de uma forma organizada em uma emergência podem salvar diversas vidas em uma emergência com a barragem. Essa prevenção não é para provocar pânico nos moradores das cidades e sim ter um plano de emergência se for necessário um dia," disse.

Diário da Notícia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook