Foto: Reprodução 
Os recentes ataques do Hamas contra Israel reacenderam a discussão em torno do cumprimento de profecias sobre o fim dos tempos, e o pastor Augustus Nicodemus Lopes trouxe uma ponderação a respeito do ponto de vista teológico. 

O pastor presbiteriano foi questionado, no canal do YouTube Perguntar Não Ofende, se “os ataques a Israel são as profecias se cumprindo” e se os cristãos “devemos orar pedindo a paz em Israel?”. 

Nicodemus, que segue a linha interpretativa do amilenismo, respondeu ao questionamento em duas partes: “Nós devemos orar pedindo paz no mundo todo, porque paz não é alguma coisa somente para a nação de Israel, mas para todas as nações”, pontuou.

“Para algumas pessoas, o que está acontecendo em Israel é cumprimento de profecias, mas a posição escatológica que eu tenho – que é o amilenismo – não considera mais Israel como tendo ainda algum papel dentro da história da redenção. O que Deus tinha para fazer com os judeus e com a nação de Israel, Ele já fez. Agora, o Seu povo não é mais a nação de Israel, mas são todos aqueles, inclusive judeus, de todas as nações, que creem no Senhor Jesus Cristo”, acrescentou.

Por fim, o líder evangélico enfatizou que o cenário do conflito, com ataques terroristas do Hamas, tenham qualquer relação direta com o cumprimento de profecias: “Então, não creio que esses acontecimentos recentes em Israel tenham qualquer significado profético porque o que havia de profecia a ser cumprida, com relação a Israel, Deus já fez. Agora nós vivemos no tempo da Igreja, o povo de Deus, composto de pessoas de todas as nações, que creem no Senhor Jesus”.



Fonte: Gospel + / por Tiago Chagas

Facebook